Rádio Serra Verde FM 98.7 Ao vivo

ANUNCIE AQUI

terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Moradores da região do sul do Piauí pagam o valor de R$ 95,00 por botijão de gás de cozinha

Apesar da Petrobras ter anunciado, na quinta-feira, a redução de 5% no preço do botijão de gás de cozinha, o gás liquefeito de petróleo (GLP) de 13 quilos, os habitantes dos municípios de Corrente, Curimatá, São Gonçalo do Gurgueia e Gilbués, na região do sul do Piauí, estão pagando R$ 95,00 pelo botijão.
O empresário Benivaldo Souza do Nascimento, proprietário de posto de venda de botijões de gás de cozinha, informou que soube da redução do preço do gás de cozinha pela imprensa, já que as distribuidoras não comunicaram a diminuição do preço aos revendedores.
Preço do gás de cozinha terá aumento de 8,9% para as distribuidoras a partir desta terça (5) (Foto: Pedro ventura/Agência Brasília)
Ele Falou que quem trabalha com a revenda dos botijões de gás, só será comunicado da redução do preço do botijão na próxima semana, quando poderá ser dado o desconto no preço para o consumidor.
O preço do botijão de gás de cozinha em Corrente, Curimatá, São Gonçalo do Gurgueia e Gilbués é de R$ 95 reais para entrega e, em algumas revendas, R$ 90 reais para o consumidor que for buscar o botijão, resultando em uma média de R$ 92,50 por unidade. Em Corrente, foi encontrado o mesmo preço, R$ 95 reais, em todas as revendas.
De acordo com a pesquisa semanal de preços da Agência Nacional de Petróleo (ANP), a média praticada nas revendas do país é de R$ 67,28. A média praticada em Corrente e municípios da região é a mais alta do Nordeste e uma das mais altas do país, ficando atrás apenas do estado do Mato Grosso, onde a média de comercialização é R$ 95,91.

Nenhum comentário:

Postar um comentário